segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

Espirito Santo: Jornalista morre em acidente na BR 101, e rapaz fica ferido

Uma colisão entre dois automóveis, na noite de sábado, matou a jornalista Fabilly Mara Brandão Lírio, 24 anos. O acidente ocorreu na BR 101, por volta das 22 horas de sábado, próximo ao Posto Nossa Senhora da Conceição, em Guarapari. O veículo em que a jornalista trafegava, um Peugeot, seguia na direção Sul, quando perdeu o controle, rodou na pista e bateu em um Renault, que vinha em sentido contrário.
Socorro
Fabilly e o condutor, Thiago Pimentel, ficaram presos às ferragens. A jornalista sofreu graves ferimentos nas pernas, no tórax e na cabeça. Levada de ambulância para o Hospital São Lucas, em Vitória, ela não resistiu aos ferimentos. Pimentel foi levado ao mesmo hospital e recebeu alta na manhã de ontem, de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (Sesa). Os ocupantes do Renault, placas de Minas Gerais, também sofreram ferimentos. Eles foram atendidos e liberados.
Fabilly Brandão atuava como assessora de imprensa da Prefeitura de Viana e fazia pós-graduação na Faesa. Moradora de Cariacica, ela foi sepultada na tarde de ontem no cemitério de Cruzeiro do Sul, no mesmo jazigo de seu pai, morto há quatro anos, segundo amigos da família. A cerimônia foi acompanhada por cerca de 200 pessoas, entre parentes, amigos e colegas.
Blog
Em seu blog, Fabilly se descrever como “Jornalista, design, fotógrafa. Essa sou eu, formada em 2007/2 na área de Comunicação Social (jornalismo) e quase pós-graduada em Gestão em Assessoria de Comunicação. Meu objetivo é apenas divulgar um pouquinho do que faço. Atualmente, trabalho na assessoria da Prefeitura de Viana”.
"Aproveite bem, o máximo que puder, o poder e a beleza da juventude.Ou, então, esquece... Você nunca vai entender mesmo o poder e a beleza da juventude até que tenham se apagado.” Frase retirada do blog de Fabilly Brandão do texto filtro solar
As últimas homenagens à assessora
A jornalista Fabilly Brandão recebeu as últimas homenagens de amigos, parentes, colegas de tempos da faculdade e da Prefeitura de Viana, na tarde de ontem, durante o velório e o enterro, realizados na Igreja Católica do bairro Cruzeiro do Sul e no cemitério municipal do bairro, em Cariacica.
A moça de 23 anos morava com a mãe e uma irmã, com aproximadamente a mesma idade, no Bairro São Francisco.
O velório da assessora de imprensa, que exerceu a função por quatro anos em Viana, começou às 9h e foi encerrado por volta das 17h, segundo amigos e familiares que compareceram ao local.
A mãe e a irmã, que interrompeu uma viagem que fazia a Minas Gerais e retornou ao Espírito Santo na manhã de ontem, não saíram do lado do caixão até Fabilly ser sepultada.
Transtornados com o acidente, os parentes preferiram não dar declarações. O caixão da jovem, que era estudante de pós-graduação em Assessoria de Comunicação, foi enterrado às 17h15, no mesmo jazigo do pai – falecido há quatro anos, segundo amigos da família. Estima-se que 200 pessoas compareceram no velório e no enterro.
(Gazeta Online)

3 comentários:

  1. FAVOR RETIFICAR ESSA REPORTAGEN COM URGÊNCIA POIS, OS MINEIROS ESTAVAM NO PEUGEOT E NAO NO OUTRO VEICULO QUE INFORMAM, TBM ESTAO EM ESTADO GRAVE NAO FOI LIBERADO O CASAL A ESPOSA TEVE VARIAS FRATURAS EXPOSTAS E LESAO NA COLUNA E A SUA FILHA ESTA EM ESTADO GRAVISSIMO NO HOSPITAL SÃO LUCAS, O UNICO Q SAIU SEM LESOES CORPORAIS FOI ALESSANDRO ROBERT BARBOSA, MINHA CUNHADA CRISTINA VIEIRA DA CUNHA BARBOSA FOI TRANSFERIDA PARA MINAS DEPOIS DE UMA SEMANA EM ESTADO GRAVE E MINHA SOBRINHA CONTINUA AI SEM PRAZO PARA TRANSFERENCIA. O DISCAZO COM OS TURISTAS MINEIROS NESSE CASO FOI EXTREMO ESPERO QUE RETIFIQUEM COM URGENCIA E ESPERO COLABORAÇAO.
    CASO QUEIRA MAIORES DETALHES FAVOR ENTRAR EM CONTATO COM VIVIAN BARBOSA 31 86670211 OU VIVIANCBARBOSA@IG.COM.BR.
    AGRADEÇO DESDE JA ATENÇAO DISPENSADA
    VIVIAN BARBOSA

    ResponderExcluir
  2. É UM ABSURDO ESSA REPORTAGEM... TOTALMENTE DESCABIDA, POIS OS MINEIROS AINDA ESTÃO HOSPITALIZADOS...

    ResponderExcluir
  3. A filha de Alessandro barbosa está bastante grave ainda e teve uma adolescencia marcada por cirurgias e traumas pelo sofrimento que passa. Ela talvez estaria com sua vida normal se esse irresponsavel não tivesse saido da pista. E o pior ainda mereceram homenagens.Que absurdo...

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante.