sábado, 13 de março de 2010

Rio Grande do Sul: Homem morre atropelado na BR-116 em Cristal

Condutor do veículos não sofreu ferimentos
Um homem morreu atropelado no início da madrugada deste sábado na BR-116 em Cristal. Júlio César Pinto Allgayer, de 46 anos, caminhava pelo acostamento da via quando foi atingido por um veículo.
O acidente aconteceu no km 428 da rodovia. A vítima foi atropelada por um Astra conduzido por Paulo Henrique Ávila Martins, que não sofreu ferimentos. Allgayer morreu no local.
ZEROHORA.COM

Rio Grande do Sul: Jovem morre em acidente no Vale do Taquari

Ronaldo Marcos Caetano perdeu o controle da motocicleta que conduzia
Ronaldo Marcos Caetano, 22 anos, morreu ao perder o controle de uma motocicleta no km 23 da rodovia Teutônia - Fazenda Vila Nova (ERS-128). O acidente ocorreu por volta das 5h20min deste sábado. Ronaldo dirigia uma motocicleta CBX 250 Twister.
ZEROHORA.COM

Rio Grande do Sul: Homem é atropelado por trem em Uruguaiana

Pedestre, que passa bem, estaria deitado sobre os trilhos da linha férrea
Um homem foi atropelado por um trem na manhã deste sábado em Uruguaiana, na Fronteira Oeste. O acidente ocorreu por volta das 10h30min, no km 688-500, na linha entre a Ponte Internacional e o Porto Seco Ferroviário. Levado para a Santa Casa local, o homem passa bem.
Segundo a América Latina Logística (ALL), concessionária responsável pelo trecho, o homem estaria deitado sobre os trilhos. Ao visualizar o pedestre, o maquinista acionou os freios do trem — que precisa de um quilômetro para parar completamente — porém não conseguiu evitar o acidente.
O trem tinha duas locomotivas com 14 vagões, sendo 12 carregados de trigo e dois vazios. A máquina seguia no sentido Argentina-Uruguaiana.
ZEROHORA.COM

Rio Grande do Sul: Acidente deixa homem gravemente ferido em Osório

Um Toyota Corolla colidiu contra uma árvore na via lateral do km 96 da BR-101
Um acidente na BR-101 deixou um ferido grave em Osório, no litoral norte do Estado.
De acordo com a PRF, um Toyota Corolla colidiu contra uma árvore na via lateral do km 96 da rodovia, por volta das 14h.
O homem, ainda não identificado, foi encaminhado para o hospital da cidade.
ZEROHORA.COM

Rio Grande do Sul: Motociclista morre ao bater em ônibus em Alegrete

Roberson Barros Severo, 21 anos, perdeu o controle da moto sobre a ponte Borges de Medeiros
Um acidente de trânsito vitimou um motociclista na tarde deste sábado em Alegrete, na Fronteira-Oeste. Roberson Barros Severo, 21 anos, perdeu o controle de sua moto sobre a ponte Borges de Medeiros e bateu de frente com um ônibus. Ele morreu no local. O acidente aconteceu por volta das 13h na rua Eurípede Brasil Milano.
ZEROHORA.COM

Santa Catarina: Motociclista cai e morre atropelado em Imbituba

Paulo Sérgio dos Passos foi desviar de um buraco e acabou atingido por caminhão
Uma batida frontal contra um caminhão matou o motociclista Paulo Sérgio dos Passos, de 38 anos, na BR-101, no fim da tarde desta sexta-feira. O acidente aconteceu no km 289, em Imbituba, no Litoral Sul.
Segundo a Polícia Rodoviária Federal, Passos foi desviar de um buraco e caiu da moto. Na queda, acabou parando na pista contrária. Antonio Matos de Almeida, 48, motorista do caminhão, não conseguiu parar o veículo a tempo e atropelou o motociclista, que morreu no local. Almeida saiu ileso do acidente.
DIARIO.COM.BR

Santa Catarina: Homem morre em batida entre carro e ônibus em Garopaba

Jairo Bertetti Gamba, de 58 anos, dirigia Ford Fiesta de Ponta Porã (MS)
Jairo Bertetti Gamba, de 58 anos, morreu num acidente de trânsito por volta das 20h30min dessa sexta-feira na Praia do Sirirú, em Garopaba, no Litoral Sul de Santa Catarina.
Ele dirigia um carro que bateu contra um ônibus da Expresso Garopaba, que fazia a linha entre a o Centro da cidade e a praia. Conforme a Polícia Civil, Gamba estava num Fiesta com placas de Cunha Porã (MS) acompanhado de uma jovem de 20 anos.
Após a batida, ambos foram socorridos e levados ao Pronto-Socorro. Gamba, em estado grave, teria sido transferido em seguida ao Hospital Regional de São José, onde veio a morrer. A polícia não divulgou mais detalhes do caso.
O coletivo não levava passageiros.
DIARIO.COM.BR

Santa Catarina: Mulher é agredida após acidente de trânsito em Florianópolis

Tuca Reichert diz que jovem a atingiu com chute e fugiu após batida entre veículos
A Polícia Civil de Florianópolis investiga a suposta agressão a uma mulher na avenida Beira-Mar Norte, na região central da cidade, após um acidente de trânsito entre dois veículos na manhã deste sábado.
A vítima, Tuca Reichert, dirigia um dos carros envolvidos na batida. Ela teria sido agredida pelo motorista do veículo que atingiu o carro em que ela estava na traseira.
O acidente aconteceu às 6h. Segundo a versão da mulher, após a colisão, ela parou o carro e desceu do veículo para conversar com o condutor do outro automóvel.
Enquanto ela conversava com o motorista, uma jovem, supostamente a namorada do rapaz, teria chegado ao local e orientado o companheiro a fugir.
— É só uma velha. Vamos dar um "olé" nela e vamos embora — teria dito a garota ao namorado, de acordo com Tuca.
Antes de sair, o jovem arrancou das mãos da vítima um papel em que ela teria anotado os dados do veículo envolvido na batida e a golpeado com um chute.
Instantes depois da saída do casal, os pais do rapaz teriam ido até o local e conversado com a vítima.
— Tentaram de todas as formas me demover da ideia de entrar com ação na Justiça ou procurar a delegacia de polícia, falando que iriam pagar pelo estrago. Quer dizer, eles não se preocuparam com minha saúde, meu bem-estar — reclama Tuca, que teve de buscar atendimento médico sozinha.
A equipe de reportagem procurou o jovem envolvido no acidente. Na casa dele, o pai negou que a agressão e que teria procurado Tuca. Ele não quis prestar mais esclarecimentos.
O caso é investigado pela Polícia Civil. Peritos analisaram o carro de Tuca ainda pela manhã. O delegado responsável vai apurar se houve ou não lesão corporal grave, cuja pena varia de dois a quatro anos de prisão.
A vítima está com uma suspeita de fratura na coluna cervical. Ela está na capital catarinense para formar equipes olímpicas de patinação e esqui.
Tuca é referência no país em ambas as modalidades, tendo sido chefe da delegação brasileira nos Jogos Pan-Americanos de 2007 no Rio de Janeiro.
RBS TV - Diário Catarinense

Santa Catarina: Acidente com ambulância deixa um morto e 10 feridos na BR-282 em São José do Cerrito

Van retornava de Florianópolis para Bandeirante com pessoas que fizeram tratamento de saúde
Uma pessoa morreu e outras 10 ficaram feridas depois que a ambulância em que elas estavam saiu da pista e bateu contra um talude às margens da BR-282 em São José do Cerrito, no Planalto Serrano de Santa Catarina, por volta das 8h deste sábado.
As vítimas voltavam de Florianópolis para Bandeirante, no Extremo-Oeste. Elda Carniel Gonçalves, de 55 anos, morreu no local do acidente, uma curva do km 277 da rodovia.
Os outros ocupantes da van, uma Kia Besta com placas de Bandeirante, tiveram ferimentos — seis deles graves.
Alina Tressoldi Pedersetti, 40 anos, Eduino da Silva Mello, 72 anos, Vili Tressold, 56 anos, Izolde Gorett Lunkes Marchesan, 42 anos, Willian Marchesan, 11 anos, e Ortemila Sartori dos Passos, 59 anos, foram levados ao Hospital em Campos Novos com ferimentos mais graves, de acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF).
O motorista, Pedro Zocolotto, 52 anos, e os passageiros Valmir Pedersetti, 37 anos, Micheli Batisti Braun, 27 anos, e Roselane Tressoldi Pedersetti, 28 anos, tiveram ferimentos leves. Eles também foram encaminhados ao hospital.
O corpo foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) em Lages.
RBS TV E DIARIO.COM.BR

Em 71 dias passa de cem o número de mortes em rodovias federais em Santa Catarina

Especialistas apontam imprudência como principal causa para o número elevado
A morte do motociclista Paulo dos Passos, 28 anos, nesta sexta-feira faz parte de um ranking nada animador. O acidente na BR-101 em Imbituba, Sul de Santa Catarina, fez a 102ª vítima fatal em rodovia federal em Santa Catarina neste ano.
Bastaram 70 dias para o trânsito nas BRs no Estado produzir 100 vítimas. O número foi atingido na quinta-feira, às 19h45min, quando José Matias dos Anjos, 59 anos, morreu no trecho da BR-282 que passa por O balanço demostra que a morte em série nas estradas vai continuar. Cabe ressaltar que no ano passado, foram necessários 77 dias para o trânsito causar 100 vítimas. Para a doutora em sistema viário e pesquisadora Lilian Diesel os dados comprovam que a situação não vai mudar.
Santa Catarina deve repetir as estatística recentes como as de 2009, quando 561 pessoas morreram. As estradas têm problemas, a sinalização é deficiente e a fiscalização precária, mas especialistas são unânimes em apontar a imprudência como principal causa da carnificina.
Diário Catarinense

sexta-feira, 12 de março de 2010

Acidente com ambulância mata quatro pessoas em SP

SOROCABA, SP - Uma ambulância que levava doentes para hospitais de Sorocaba e São Paulo saiu da pista e tombou várias vezes, nesta manhã na rodovia Francisco da Silva Pontes (SP-127), próximo de Itapetininga. Quatro pessoas morreram e duas ficaram feridas.
A ambulância tinha saído de Nova Campina com nove passageiros e rodou cerca de 100 quilômetros até o local do acidente. No km 174 da rodovia, o veículo saiu da pista e capotou na ribanceira, parando a mais de 50 metros.
Dois pacientes morreram no local - um deles ficou preso nas ferragens, e outros dois chegaram a ser levados em estado grave ao Hospital Regional de Itapetininga, mas não resistiram. Os nomes das vítimas não tinham sido divulgados até o final da tarde. O veículo pertence à Prefeitura de Nova Campina.
Policiais rodoviários encontraram anotações dando conta de que o motorista havia trabalhado 17 horas na quinta-feira e foi escalado para entrar no trabalho às 4h desta sexta. Ele pode ter dormido ao volante. A prefeitura informou que ele cumpria escala normal.
estadao.com.br

Rio Grande do Sul: Acidente deixa três mortos e duas crianças feridas em Teutônia

Menino de seis anos está na UTI e corre risco de vida
Um acidente de trânsito matou três pessoas e deixou duas crianças feridas na noite desta quinta-feira em Teutônia, no Vale do Taquari. Um Fiat Uno foi atingido por uma carreta no km 22 da rodovia Teutônia-Fazenda Vilanova (RS-128).
O carro, com placas de Teutônia, tentou atravessar a estrada e foi atingido pelo caminhão. Todas as vítimas estavam no Uno. Morreram no acidente Eliza da Costa Makoski, 31 anos, e o casal Telmo da Silva Queiroz, 51 anos, e Orcelina da Silva Queiroz, 49 anos.
A menina Cristina Vitória Queiroz, de 8 anos, filha do casal, está internada em estado regular no Hospital Ouro Branco, de Teutônia. Ruan Pablo Makoski, de 6 anos, filho de Eliza, está na UTI do hospital Bruno Born, de Lajeado e corre risco de vida. O motorista da carreta não sofreu ferimentos.
RÁDIO GAÚCHA E ZERO HORA

Rio Grande do Sul: Colisão deixa duas pessoas feridas na zona norte da Capital

Vítimas foram encaminhadas ao Hospital Cristo Redentor
Um acidente envolvendo uma caminhonete Parati e um automóvel Gol na Avenida Assis Brasil esquina com Brasiliano Plínio de Moraes no início desta manhã deixou duas pessoas feridas. O gol foi parar em cima da calçada e atingiu uma lixeira. Os feridos foram encaminhados ao Hospital Cristo Redentor.
O trânsito no local flui normalmente, mas requer atenção do motorista.
RÁDIO GAÚCHA

Rio Grande do Sul: Homem é atropelado em Araricá, no Vale do Sinos

Vítima foi internada em hospital de Sapiranga e ainda não há informações sobre seu estado de saúde
Um homem foi atropelado esta manhã em Araricá, no Vale dos Sinos. Após perder o controle do Corsa que conduzia, o motorista saiu de pista, andou por quase 100 metros no canteiro central, atravessou para a pista contrária e atropelou Jorge Ferreira Gomes, de 55 anos. A vítima foi internada no Hospital de Sapiranga e ainda não há informações sobre seu estado de saúde.
RÁDIO GAÚCHA

Santa Catarina: Batida de frente entre carros mata motorista em Vargeão, no Oeste

José Matias dos Santos, de 59 anos, dirigia Santana com placas de Ponte Serrada
Um homem morreu e outro ficou gravemente ferido na batida de frente entre dois carros na BR-282 em Vargeão, no Oeste de Santa Catarina, na noite dessa quinta-feira.
José Matias dos Santos, de 59 anos, não resistiu aos ferimentos provocados pelo acidente numa curva do km 471 da rodovia. Ele dirigia um Santana com placas de Ponte Serrada.
De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), indícios no local do acidente apontam que o motorista teria perdido o controle da direção e atingido o outro carro, um Uno de Xanxerê, que seguia na pista contrária.
Agnaldo Moreschi, 37 anos, dirigia o Uno. Ele foi socorrido e levado ao Hospital São Paulo, em Xanxerê, com ferimentos graves.
No início da manhã desta sexta, ele continuava internado na unidade. Não foram divulgadas informações sobre o estado de saúde dele. O corpo foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) de Xanxerê.
Por cerca de 30 minutos, o tráfego ficou prejudicado no local do acidente. Houve a formação de congestionamento. A situação voltou ao normal com o término do resgate e a retirada dos veículos acidentados da pista.
DIARIO.COM.BR

Santa Catarina: Ciclista morre após colidir contra caminhonete na BR-101 em Sombrio

José Ronei Tavares, 41 anos, foi socorrido, mas não resistiu aos ferimentos
Um ciclista morreu após colidir de frente contra uma caminhonete F-250, com placas de Farroupilha (RS), na BR-101 em Sombrio, no Sul de Santa Catarina, no início da noite desta quinta-feira.
José Ronei Tavares, 41 anos, foi socorrido pelo outro motorista no local e levado ao Hospital Dom Joaquim, no município, mas não resistiu aos ferimentos. O acidente aconteceu no km 433,3 da rodovia, no bairro Guarita, em Sombrio.
DIÁRIO CATARINENSE

Paraná: Idoso é morto ao ser atropelado próximo a Luiziana

Segundo a Polícia Rodoviária Estadual, o motorista fugiu do local do acidente
A Polícia Rodoviária Estadual de Peabiru (região Centro-Oeste do Estado) registrou mais uma morte nas estradas da região. Antônio Pereira dos Santos, de 76 anos, foi atropelado na PR-553, entre Luiziana e o entrocamento da BR-487. O acidente ocorreu por volta das 19h45 de quinta-feira (11) e o motorista teria fugido do local.
Ainda na quarta-feira, a Polícia Rodoviária de Peabiru encontrou o corpo de Edivaldo da Cruz, 25, que estava desaparecido desde segunda-feira (8). Segundo informações da polícia, o rapaz foi encontrado ao lado de sua motocicleta em uma curva na PR-082, entre Fênix e Quinta do Sol.
Familiares da vítima teriam informado que Cruz era cortador de cana, e que na última segunda-feira havia perdido o ônibus que levaria os trabalhadores para a lavoura. O rapaz, que residia em Barbosa Ferraz, decidiu então seguir para o campo com sua moto. A polícia suspeita que ele tenha perdido o controle do veículo, tombando na curva.
Jornal de Maringá

Acidente na BR 101 sul - Cinco internados e um em estado grave

Cinco pessoas continuam internadas no Hospital Ferreira Machado, de Campos, Rio de Janeiro, após um acidente entre uma carreta bitrem e um ônibus, na quarta-feira, em Mimoso do Sul, na BR 101. Manoel Ferreira de Souza, Maria da Penha da Silva Barreto, Cláudio Ravani e Elza Maria da Silva Pereira estão fora de risco. Já Moisés Leite da Silva está em estado grave. Os demais foram liberados.
A Gazeta Online

Bahia: Oito crianças são atropeladas em calçada de avenida em Pernambués

Um veículo invadiu a calçada e atropelou oito crianças na manhã desta sexta-feira (12) na avenida Hilda, no bairro de Pernambués, em Salvador. A Central de Telecomunicações das Polícias Civil e Militar (Centel) ainda não tem informações sobre qual veículo causou o acidente, já que o motorista fugiu do local.
As vítimas foram encaminhadas para o Centro de Saúde Edson Barbosa, também no bairro de Pernambués. A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) informou que sete das crianças já tiveram alta. Uma das vítimas, um menino de 12 anos que bateu a cabeça, no entanto, continua em observação e passará por avaliação neurológica.
A criança ficará aguardando a Regulação para ser transferida para um hospital. Policiais da 11ª Delegacia (Tancredo Neves) estão investigando o acidente e buscando pistas para identificar o motorista.
Correio da Bahia

ACRE: Motorista da Rbtrans tomba carro em avenida

O motorista Alexandre Magno, 36 anos, que conduzia o veículo Gol, placa MZW 4124, na tarde de quarta-feira, 10, perdeu o controle do carro quando trafegava na Avenida Rio, próximo ao Loteamento Flora, entre os bairros Conquista e Rui Lino.
O veículo pertence à Superintendência de Transportes e Trânsito de Rio Branco (Rbtrans). Órgão fiscalizador do trânsito, no âmbito do município.
O motorista alegou que trafegava em uma velocidade média de 20km/h e não sabe explicar o motivo do tombamento, que chegou a quebrar meio fio e uma cerca.
Policiais da companhia de trânsito da Polícia Militar foram ao local e garantiram que todas as medidas seriam tomadas.
A Gazeta do Acre

Bebê atropelado em parque da Grande São Paulo tem morte cerebral

Atropelamento ocorreu em parque de Carapicuíba na segunda-feira.
Motorista estava embriagado e não tinha habilitação.
Foi confirmada na manhã desta sexta-feira (12) a morte cerebral do bebê que estava brincando com a família na tarde de segunda-feira (8), no Parque dos Paturis, em Carapicuíba, quando foi atropelado por um motorista bêbado.
O motorista já tinha sido flagrado várias vezes dirigindo embriagado e não tinha habilitação, mas apenas desta vez foi preso. O pai do bebê continua internado, mas os ferimentos dele não foram tão graves.
Do G1, com informações do SPTV

Ex-jogador Euzébio morre em acidente no interior de SP

Ele jogou no Santos ao lado de Pelé nos anos 70.
Acidente ocorreu na rodovia que liga Piracicaba a Santa Bárbara do Oeste.
O ex-jogador de futebol Euzébio, que jogou no Santos ao lado de Pelé em 1973, morreu na noite desta quinta-feira (12) em um acidente na rodovia que liga as cidade de Santa Bárbara do Oeste e Piracicaba, no interior de São Paulo.
Segundo a polícia, Euzébio seguia de carro pela rodovia quando perdeu o controle do veículo que bateu na mureta de proteção de um viaduto.
Euzébio tinha 58 anos e morava em Santa Bárbara do Oeste (SP), onde o corpo será velado a partir do meio-dia.
Do G1, com informações do Bom Dia São Paulo

quinta-feira, 11 de março de 2010

O Cinto é tido como Adereço para evitar multas...

Rio Grande do Sul: Acidente entre dois caminhões deixa um ferido em Carazinho

Trânsito não chegou a ser interrompido, mas carga de um dos veículos ficou sobre a pista
Um acidente na noite desta quarta-feira deixou uma pessoa ferida em Carazinho. A colisão frontal entre dois caminhões aconteceu no km 168 da BR-386.
Segundo a Polícia Rodoviária Federal, um dos veículos transportava soja e o outro água mineral. A carga de soja foi espalhada sobre a pista, mas o trânsito não chegou a ser interrompido e não houve congestionamento.
Até a 0h45min, a PRF trabalhava no local para a retirada dos veículos. A identidade dos condutores dos caminhões envolcidos no acidente não foi divulgada.
ZEROHORA.COM

Rio Grande do Sul: Acidente deixa dez feridos leves em Erechim

Idosa de 72 anos foi internada e passa por avaliação em hospital da cidade
Um acidente entre um Gol e um microônibus deixou 10 pessoas feridas levemente na manhã de hoje em Erechim, no norte do Estado. A motorista de um Gol que fazia o trajeto Campinas do Sul - Erechim (RS-211) teria tido a visão ofuscada pelo sol e colidiu com o ônibus que levava oito funcionários para o trabalho em uma indústria de Paulo Bento.
O acidente aconteceu às 7h, no km 58 da rodovia. A religiosa Maria Woditski, de 72 anos, teve ferimentos leves e está sendo avaliada no hospital Santa Terezinha em Erechim. Outros oito passageiros do microônibus e o motorista também foram medicados no hospital e liberados.
ZEROHORA.COM

Santa Catarina: Acidente entre carro e trem deixa motorista ferido em Joinville

Condutor do veículo disse que não ouviu o apito do trem na rua Copacabana, no bairro Floresta
O motorista de um carro ficou ferido no início da tarde desta quinta-feira, depois de bater em um trem, na rua Copacabana, no bairro Floresta. O próprio motorista disse que não ouviu o apito da composição, que seguia em direção à serra.
O carro trafegava no sentido bairro/Centro. O condutor do Del Rei teve ferimentos pelo corpo e foi levado ao Hospital Municipal São José. Por causa do acidente, o trânsito parou na rua.
AN.COM.BR

Espirito Santo: Acidente deixa 10 feridos na BR 101

Uma carreta bitrem e um ônibus se envolveram em grave acidente, ontem, no final da tarde, quando se chocaram em cima de uma ponte, em Mimoso do Sul, próximo à divisa com o Rio de Janeiro.
Um acidente envolveu a carreta bitrem e um ônibus de passageiros e deixou 10 pessoas feridas. Segundo as primeiras informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), do posto na localidade de Safra, o acidente aconteceu por volta das 17h30, na divisa de Mimoso do Sul com o Rio de Janeiro, bem na cabeceira da ponte do lado do Espírito Santo.
A carreta é da empresa Sulcontinental, com placa de Santa Catarina e o ônibus é da Cordeiro Transportes e Turismo, de Mimoso do Sul. Nove pessoas foram levadas para o Hospital Ferreira Machado em Campos e uma vítima transportada para a Santa Casa de Misericórdia de Cachoeiro. A PRF informou que três pessoas ficaram feridas gravemente e as demais sofreram lesões leves, e não correm risco de morte.
Outro acidente
Outro acidente também foi registrado na BR 101 Sul. Desta vez um carro de passeio foi atingido por um caminhão, na altura do Km 390, em Rio Novo do Sul, por volta das 18h30. Com o impacto da batida o carro capotou e foi parar no acostamento. O motorista foi socorrido e está fora de perigo.
Gazeta Online

Espirito Santo: Caçamba cai sobre residência em Cariacica

Uma caçamba carregada de brita não conseguiu subir uma ladeira e caiu sobre uma casa, no bairro Vila Rica, em Cariacica. O veículo, cujos freios não resistiram ao peso da carga, atingiu a área de uma pequena loja que funcionava nos fundos da residência, destruindo, além das paredes, toda os sapatos e roupas que seriam comercializados no local. A dona de casa Erondina Lima foi salva por pouco. Ela costumava ficar o dia inteiro na loja, mas naquele momento havia saído para fazer uma oração.
Gazeta Online

ACRE: Justiça nega pedido de liberdade a militar indiciado por morte de estudante em blitz

Em decisão proferida nesta quarta-feira (10), o Juiz de Direito Substituto Gustavo Sirena, da Vara do Tribunal do Júri da Comarca de Rio Branco, indeferiu o pedido de liberdade provisória ajuizado em favor do Sargento PM Francisco Moreira, um dos indiciados pela morte, com disparos de fuzil, da estudante Edna Ambrósio, durante uma blitz realizada na Capital.
O pedido de liberdade provisória (nº 001.10.004657-7) foi feito pelo advogado Silvano Santiago, sob a alegação de que o acusado não pretendia matar a vítima, mas tão-somente fazer o condutor parar a motocicleta onde ela era transportada.
Em sua justificativa para indeferir o pedido, o juiz registra que, com base no auto de prisão em flagrante, o militar efetuou disparo de arma de fogo tipo fuzil em direção a uma motocicleta que havia furado o bloqueio policial e que na ocasião havia várias pessoas em uma parada de ônibus próxima ao local do evento. Além disso, ressalta que depoimentos testemunhais noticiaram que outros policiais também atiraram com pistolas, após o tiro mortal. Também destaca a presença de informações nos autos sobre os vários transeuntes que se jogaram no chão com medo dos disparos.
Segundo o magistrado, a conduta do acusado, em tese, se mostra inadequada e descontrolada, quando a situação exigia comportamento diverso. "A meu ver, nada justifica disparo de arma de fogo por policial, salvo se for para salvaguardar a sua própria vida ou de terceiro, o que em tese, não se verificou no caso em apreciação", afirma o juiz em sua decisão.
O magistrado ainda assinala que "os policiais militares são submetidos a treinamentos na Corporação, a fim de aprenderem e dominarem novas técnicas e táticas policiais, as quais têm como objetivo preparar profissionais de segurança, bem como evitar falhas na execução do policiamento preventivo/repressivo, possibilitando-se, assim, uma maior segurança à sociedade como um todo. Não obstante ao preparo que com certeza fez parte da formação do requerente, o que se verifica dos autos é que a conduta empregada não respeitou as regras ensinadas".
Desse modo, ao analisar o auto de prisão em flagrante, o juiz concluiu pela necessidade da manutenção da custódia provisória do acusado, ponderando estarem presentes os pressupostos necessários do artigo 312 do Código de Processo Penal, que ensejaram a decretação da sua prisão.
O outro policial indiciado pela morte da estudante, o soldado PM Moisés da Silva Costa, também cumpre prisão preventiva e aguarda decisão da Justiça. (Ascom TJ/AC).
A Gazeta do Acre

ACRE: Motociclista atropela trabalhador que fica em estado grave

Por volta das 18h de quarta-feira, o motociclista César de Paula Mendes, 25 anos, trafegava na Avenida ceará, proximidades da Eletronorte quando atropelou um homem ainda não identificado que atravessa a Avenida.
Segundo informações do piloto da moto, a vítima atravessou em local proibido para pedestre e não prestou atenção o trânsito. César disse que não teve tempo de frear a moto. ”Foi muito rápido e quando percebi que o pedestre atravessa a Avenida já foi em cima” explicou o motociclista.
Testemunhas do acidente confirmaram a Polícia a versão do condutor da moto. César de Paula chamou socorro á vítima e ficou aguardando a chegada da Polícia de trânsito.
O homem que não portava documentos ficou gravemente ferido e foi socorrido por uma equipe de paramédicos do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU, e encaminhado ao Pronto Socorro de Rio Branco em estado grave.
A Gazeta do Acre

quarta-feira, 10 de março de 2010

Rio Grande do Sul: Três de uma mesma família morrem em acidente de trânsito

Três pessoas de uma mesma família morreram, na manhã de ontem, em um acidente de trânsito na RS-446, em Carlos Barbosa, por volta das 8h30min. O motorista Salmir Mariana Leandro, 37 anos, que conduzia o Uno, era de Criciúma e morreu na hora juntamente com a esposa Leila Bortolini Danieleski, 28, e a filha Maria Eduarda Leandro, com dois meses de idade. A criança chegou a ser socorrida, mas faleceu a caminho do hospital do município. De acordo com os patrulheiros, o motorista do veículo seguia sentido Carlos Barbosa-São Vendelino quando perdeu o controle e se chocou contra um paredão de pedra no Km 8 da rodovia. Salmir era natural de Criciúma, mas morava em Estância Velha há cerca de oito meses. Os irmãos Eduardo Danieleski, cinco anos, e Kauana Danieleski, 9, estão internados em estado estável no Hospital Tacchini, em Bento Gonçalves. As crianças são filhos de um relacionamento anterior de Leila.
A Tribuna

Trânsito supera homicídio como principal causa de morte violenta em SP

Levantamento foi divulgado nesta quarta (10) pela Fundação Seade.
Acidentes assumiram a liderança do ranking em 2007.
Os acidentes de trânsito mataram 20 pessoas por dia no estado de São Paulo em 2008 e se mantêm por dois anos consecutivos (2007 e 2008) como principal causa de morte não natural no Estado.
Os dados foram divulgados nesta quarta-feira (19) pela Fundação Seade, que fez o lavantamento com base nas informações enviadas mensalmente pelos cartórios de registro civil durante o ano de 2008. Os dados de 2009 ainda estão sendo tabulados.
"Desde os anos 1980, os homicídios eram a principal causa de morte natural no Estado. A partir de 2000, caiu. Mas os acidentes de trânsito não acompanham essa tendência. Houve uma queda importante em 1998 quando entrou em vigor o Código Brasileiro de Trânsito, mas voltou a subir a partir de 2000", disse o demógrafo Paulo Borlina Maia, responsável pelo levantamento.
De acordo com Borlina, os acidentes envolvendo motocicletas impedem a diminuição da taxa de mortalidade no trânsito. "Tivemos uma queda pequena dos atropelamentos e das mortes em acidentes envolvendo os demais veículos, mas os acidentes com motocicletas aumentaram. Isso faz com que não haja essa queda", afirmou.
Entre 1996 e 2008, a taxa de mortalidade devido a atropelamentos diminuiu pela metade, de 10,1 para 5,1 óbitos para cada 100 mil habitantes. A taxa de mortalidade envolvendo outros tipos de veículos também caiu, de 15,3 para 9,5 óbitos. Já a mortalidade envolvendo acidentes com motos subiu de 0,2 para 3,4 óbitos por cada.
Segundo a Fundação Seade, nos últimos 20 anos os acidentes de transporte foram responsáveis pela morte de 149.911 pessoas, o equivalente à população do tamanho de São Caetano do Sul.
Do G1, em São Paulo

Acidentes de trânsito matam quase 150 mil pessoas em 20 anos em São Paulo

Os acidentes de trânsito no Estado de São Paulo nos últimos 20 anos mataram 149.911 pessoas, o que equivale, por exemplo, à população da cidade de São Caetano do Sul, no ABC paulista. As informações são da Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados (Seade).
 De acordo com o estudo da Seade, que faz parte do boletim SP Demográfico, os acidentes de trânsito são a principal causa de morte não natural no Estado. Em 1988, eles eram semelhantes às taxas de homicídio, mas, desde então, têm crescido continuamente. O ápide aconteceu entre os anos de 1996 e 1997, quando, em média, 25,7 pessoas morreram por dia em razão de acidentes ao volante.
O estudo foi feito com base em informações enviadas pelos cartórios de registro civil existentes nos municípios e, ao contrário de outras pesquisas, conta também as mortes que aconteceram fora do local de evento, como nos hospitais.
Em 2008, segundo a Seade, 7.404 pessoas morreram em acidentes de trânsito, o que dá uma média de 18 óbitos por cada 100 mil habitantes. Mesmo com a implantação da chamada Lei Seca, o índice teve pouca variação em relação a 2007, quando a média ficou em 18,3. Para a Seade, a lei ainda não teve o efeito esperado.
Motocicletas
Os acidentes envolvendo motociclistas colaboraram para manter os índices altos, conforme a Seade. Entre 1996 e 2008, a taxa de mortalidade em decorrência de atropelamentos diminuiu pela metade (de 10,1 para 5,1 óbitos por cem mil habitantes). Os acidentes envolvendo carros, ônibus e caminhões também caíram de 15,3 mortes para 9,5.
Por outro lado, no período, as mortes em acidentes com motos passaram de 0,2 para cada 100 mil para 3,4. O estudo aponta ainda que 55% das vítimas fatais desses acidentes são homens entre 18 e 29 anos de idade.
Oscilações
Apesar dos índices ainda serem alarmantes, eles têm apresentado redução. Com o Novo Código de Trânsito, em 1998, o índice começou a cair. Em 1999, foi registrada a média de 20,1 mortes para cada 100 mil pessoas. Em 2000, a queda foi ainda maior e chegou a 16 óbitos.
No entanto, conforme a Seade, em 2001, essa tendência parou e os índices ficaram praticamentes constantes em torno de 17 mortes por 100 mil habitantes até 2006. Em 2007, houve um novo aumento e taxa chegou a 18,3.
Outros Estados
Segundo a Seade, avaliando o Brasil como um todo a taxa de mortes por acidentes de trânsito ficou em 29 por 100 mil habitantes. Em 2007, a situação mais grave foi registrada nos Estados de Roraima, Tocantins e Santa Catarina, que superaram os 30 óbitos para cada 100 mil pessoas.
Já os melhores índices foram contabilizados nos Estados de Amazonas e Bahia, que tiveram índices inferiores a 15 óbitos.
iG São Paulo

Rio Grande do Sul: Criança morre atropelada em Canoas

Brigada Militar prendeu motorista do carro
Uma criança morreu atropelada nesta tarde na Rua Venâncio Aires, bairro Niterói, em Canoas. De acordo com a Brigada Militar, o motorista do carro que atingiu a vítima estava em alta velocidade.
Familiares, amigos e populares tentaram agredir o condutor. A Brigada prendeu o motorista e mais quatro pessoas por agressão e desacato.
RÁDIO GAÚCHA

Irmãos catarinenses feridos em acidente com três mortes continuam hospitalizados no RS

Fiat Uno com placas de Criciúma bateu contra paredão de pedras na RS-446 em Carlos Barbosa
Permaneciam internadas na manhã desta quarta-feira no Hospital Tachinni, em Bento Gonçalves, no Rio Grande do Sul, as duas crianças catarinenses feridas num acidente de trânsito que causou a morte da mãe, do padrasto e de outra irmã na RS-446 em Carlos Barbosa (RS), na manhã de terça.
Entre a noite de terça e esta madrugada, Kauana Danieleski, de nove anos, deixou a Unidade de Tratamento Intensivo (UTI). Ela e o irmão, Eduardo Danieleski, cinco anos, estavam no setor de Pediatria na manhã desta quarta.
Ambos nasceram em Piratuba, no Meio-Oeste de Santa Catarina, também cidade natal da mãe, Leila Bortolini Danieleski, 28 anos.
A mulher, o companheiro dela, Salmir Mariana Leandro, 37 anos, natural de Criciúma, e a filha do casal, Maria Eduarda Leandro, de dois meses de idade, morreram depois que o carro em que elas estavam bateu contra um paredão de pedra às margens da rodovia.
Kauana e Eduardo, que também estavam no automóvel, com placas de Criciúma, foram socorridos e levados ao hospital com ferimentos pelo corpo.
DIARIO.COM.BR

Santa Catarina: Quadrilha especializada em furto e clonagem de veículos é presa no Vale do Itajaí

Seis pessoas foram detidas e levadas para a Deic em Florianópolis
Foi presa nesta quarta-feira, no Vale do Itajaí, uma quadrilha considerada uma das maiores de Santa Catarina em furto de veículos e falsificação de documentos. Os mandados foram cumpridos em Balneário Camboriú, Piçarras, Porto Belo e Itajaí.
O grupo recebia carros furtados do Rio Grande do Sul e do Paraná para fazer a falsificação dos documentos em Balneário Camboriú e, assim, revendê-los em Santa Catarina como se fossem veículos legalizados.
Os seis integrantes da quadrilha foram levados para a Diretoria Estadual de Investigações Criminais (Deic) em Florianópolis. Além deles, outros dois integrantes do grupo, presos no Rio Grande do Sul e no Paraná também serão encaminhados para a Capital.
— A quadrilha fazia de tudo, era uma clínica geral. Furtava, adulterava e depois legalizava esse veículo — explica o delegado responsável pelo caso, Alexandre de Oliveira.
Na casa do líder da quadrilha, além de duas armas, foi encontrado uma espécie de minicartório, com selos oficiais, documentos de veículos em branco oficiais e outros documentos de pessoas que eram utilizadas como laranjas para as falsificações.
Segundo o delegado, a quadrilha começou a ser desarticulada em agosto de 2009, quando a Deic prendeu um homem, em Balneário Camboriú, com dois carros clonados pelo grupo.
DIARIO.COM.BR

Brasília: Gestante é atropelada na Expansão do Setor O, em Ceilândia

Uma mulher, grávida de dois meses, foi atropelada na manhã desta quarta-feira (10/3), na Expansão do Setor O, em Ceilândia. A vítima atravessou a rua 10 metros a frente da faixa de pedestre.
Maria Antônia Ferreira Souza Neta, 33 anos, andava na pista da QNQ 3, próximo ao terminal de ônibus do P Norte, às 8h, quando foi atingida por um Corsa, cor branca, placa JEP-2887/DF. A motorista do veículo, Cidineia da Conceição Bezerra, 29 anos, prestou socorro.
Encaminhada ao Hospital Regional de Ceilândia (HRC), segundo testemunhas, a vítima reclamava de dores nas pernas. Uma vizinha de Maria Antônia, a acompanhou até o hospital. Ela teria dito a condutora do Corsa que a gestante não sofria risco de morte.
Segundo Bezzerra, a vítima atravessou a pista sem olhar. "Ela só olhou para a via em que os carros estavam em direção contrária a dela. Não deu tempo de freiar", disse a motorista.
Correio Braziliense

Rio Grande do Sul: Carro pega fogo no bairro Azenha, em Porto Alegre

Chamas começaram quando veículo trafegava na Rua Carlos Barbosa
Um motorista foi surpreendido na manhã desta quarta-feira quando trafegava pela Rua Carlos Barbosa, bairro Azenha, próximo ao Estádio Olímpico. O motor do Pointer, ano 2000, incendiou por volta das 7h40min.
O homem levava a filha para a escola. Ninguém se feriu. Ainda não se sabe o que motivou as chamas.
ZEROHORA.COM

Santa Catarina: Pedestre morre atropelada na BR-470, em Rio do Sul, no Vale do Itajaí

Dulce Felipe foi atingida por um ônibus na tarde de terça-feira
A pedestre Dulce Felipe, 51 anos, morreu na tarde desta terça-feira em um acidente na BR-470, em Rio do Sul, no Vale do Itajaí. Ela foi atropelada por um ônibus por volta das 14h30min no km 2,2 da rodovia. O motorista do veículo com placas de Florianópolis, Genival Fraga, 49 anos, não se feriu.
DIARIO.COM.BR

terça-feira, 9 de março de 2010

Paraná: 5 passos para salvar 4 milhões

5 passos para salvar 4 milhões

ONU quer reduzir mortes causadas por acidentes em 50% até 2020. Brasil sai atrás no combate à violência no asfalto
Impedir que 4 milhões de pessoas venham a morrer em acidentes de trânsito nos próximos dez anos. Este é o objetivo da ONU ao declarar o período de 2011 a 2020 como a primeira “Década de Ação pela Segurança no Trânsito”. A intenção é alertar os governos nacionais para o problema e levá-los a se comprometer com uma meta de redução global das mortes no trânsito. O número é ousado, mas uma receita com cinco itens básicos pode garantir o sucesso da empreitada.
A diminuição de 50% até 2020 implica uma taxa de redução de 6,7% a cada ano. No final da década, seriam 3,95 milhões de vidas poupadas da violência no trânsito. Segundo a Organização Mun­dial da Saúde (OMS), 1,3 milhão de pessoas morrem no trânsito a cada ano. Acidentes são a segunda maior causa de morte entre jovens de 15 a 29 anos.
O objetivo é viável, garantem especialistas da área. Países como o Japão e a Espanha conseguiram reduzir drasticamente o número de mortes no trânsito ao adotarem um modelo que envolve a articulação de diversos setores da sociedade. Esse modelo, defendido pela Organização Mundial de Saúde (OMS), pode ser sintetizado em cinco pontos: a criação de uma agência governamental para tratar especificamente da violência no trânsito; adoção de padrões rigorosos de segurança dos veículos; investimento em infraestrutura; mudança de comportamento da população; e um melhor atendimento após o acidente. Essas propostas estão sendo discutidas no seminário Viver Seguro no Trânsito, que começou ontem em Curitiba.
O Brasil começa essa luta na lanterna. Segundo a OMS, 91% das mortes no trânsito acontecem em países de baixa e média renda. Nesses países, vivem 85% da população mundial, mas estão apenas 48% dos veículos. Dos dez países com as mais altas taxas de mortalidade no trânsito, nove estão nesse grupo. Entre eles China, Índia, Rússia e Brasil. Aqui, 19 pessoas morrem no trânsito por ano para cada 100 mil habitantes, segundo o Ministério da Saúde. Acidentes de trânsito são a segunda maior causa de morte não natural, atrás de homicídios. Em 2008, foram 36,7 mil óbitos no país.
Além do custo humano, os acidentes representam um prejuízo de R$ 28,2 bilhões por ano, segundo estudo do Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas (Ipea). Para especialistas, os países mais pobres estão passando por uma situação que os ricos enfrentaram na década de 60: uma explosão no número de veículos desacompanhada das medidas que poderiam conter um crescimento proporcional nos acidentes. “O Brasil não precisava passar por isso tendo em vista a experiência de outros países, que levaram um tempo para adaptar sua legislação, intensificar a fiscalização e investir em educação para o trânsito. Feito isso, as taxas começaram a cair”, receita o presidente da Associação Nacional de Transportes Públicos, Ailton Brasiliense.
Prevenção
Leis rigorosas, aplicadas e difundidas são o caminho para mudar o comportamento da população no trânsito, avalia. Esse é o principal objetivo do projeto R10, que a OMS irá propor aos 10 países de média e baixa renda com trânsito mais violento. A ideia é disponibilizar o conhecimento técnico da organização para que os governos articulem campanhas de prevenção, como um primeiro passo para a adoção do modelo completo da OMS. A proposta será apresentada aos ministérios da Saúde e dos Trans­portes até o fim dessa semana.
A parceria chega em um momento oportuno, quando o Ministério da Saúde está preocupado com o aumento dos acidentes em cidades pequenas. Nos últimos 20 anos, a taxa de mortalidade em cidades com mais de 500 mil habitantes caiu de 27 para 21, enquanto nas com me­­nos de 100 mil, subiu de 17 para 21 para cada 100 mil habitantes. O cenário é reflexo do aumento da frota no interior. O governo brasileiro ainda não se comprometeu com uma meta, mas o diretor de Análise de Situação do Ministério da Saúde, Otaliba Libânio, crê que uma redução de 50% até 2020 é viável. “Nosso objetivo será aumentar o efeito da lei seca. Vimos que ela tem um impacto profundo, se levada a sério”, adianta.
Exemplos não faltam. O Japão foi de uma taxa de 22 mortes no trânsito para cada 100 mil habitantes, nos anos 60, para 5 mortes, 20 anos depois. A Espanha conseguiu controlar uma escalada vertiginosa das mortes em acidentes nos anos 90 depois que transformou sua Direção-Geral de Tráfego (DGT) de um mero emissor de licenças em um órgão para o combate à violência no trânsito. O DGT é famoso por suas campanhas agressivas e derrubou para menos da metade o número de mortos – de 9 mil para 3,5 mil.
Observatório
Além de discutir propostas para o combate à violência no trânsito, o seminário Viver Seguro no Trânsito deve terminar com a criação do Observatório de Trânsito do Paraná, iniciativa que envolve ONGs, entidades do setor de automóveis e seguros e órgão públicos. O observatório irá produzir estudos e análises de experiências bem sucedidas para subsidiar a criação de políticas públicas nos municípios do estado.
Receita
Segundo a Organização Mundial da Saúde, há cinco passos básicos para reduzir a mortalidade no trânsito em qualquer lugar no mundo. Como eles podem salvar 4 milhões de vidas em dez anos, vale a pena ver quais são:
1 - Criação de uma agência governamental única para tratar especificamente da violência no trânsito. Centralizar as ações melhora a gestão, segundo a OMS.
2 - Adoção de padrões rigorosos de segurança dos veículos, que devem ser fiscalizados também rigorosamente pelos governos.
3 - Investimento em infraestrutura, tanto de vias de trânsito quanto de hospitais.
4 - Mudança de comportamento da população (redução de velocidade; fim da mistura álcool e direção; eliminação da falta de capacete; uso do cinto de segurança; uso de equipamentos de segurança para crianças).
5 - Melhor atendimento de socorro após o acidente, para evitar que erros compliquem os traumas causados pela colisão.
Gazeta do Povo

Acidente em estrada mata casal e bebê no RS

Segundo polícia, motorista perdeu controle do veículo e bateu em paredão.
Automóvel seguia na RSC-446, em Carlos Barbosa (RS).
Um casal e um bebê morreram em um acidente, nesta terça-feira (9), no quilômetro 8 da rodovia RSC-446, em Carlos Barbosa (RS). Outros dois filhos do casal, um de 9 e outro de 6 anos, ficaram feridos e foram encaminhados para o hospital.
De acordo com o Comando Rodoviário da Brigada Militar, o motorista teria perdido o controle do veículo, atravessado a pista e batido em um paredão de pedras. Os três morreram na hora.
Os corpos das vítimas foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML) de Bento Gonçalves (RS).
Do G1, em São Paulo

Rio Grande do Sul: Motorista morre em acidente em Cristal

Carro de Emerson Marques Pereira, 29 anos, saiu da pista, bateu em árvore e incendiou
Uma saída de pista resultou na morte de um motorista em Cristal, sul do Estado. Por volta das 8h20min, o Celta que Emerson Marques Pereira, 29 anos, dirigia saiu da pista, colidiu contra uma árvore e incendiou. O homem morreu no local. O acidente aconteceu no km 433 da BR-116.
ZEROHORA.COM

Rio Grande do Sul: Caminhão tomba na BR-386 em Montenegro

Acidente aconteceu no km 409, no sentido Interior-Capital
Um caminhão tombou no início da manhã desta terça-feira na BR-386 em Montenegro. O acidente aconteceu no km 409 da rodovia, no sentido Interior-Capital.
Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o motorista não sofreu ferimentos. A pista foi liberada logo após o acidente e o fluxo é normal na via. O caminhão, que está na lateral da BR-386, deve ser retirado do local às 8h.
RÁDIO GAÚCHA

Rio Grande do Sul: Homem morre atropelado por motocicleta em Seberi

Condutor do veículo ficou ferido e foi levado a hospital da região
Um homem morreu ao ser atropelado por uma motocicleta, às 21h10min de ontem, em Seberi, no norte do Estado. Manoel Bento da Silva, 66 anos, foi atingido por uma motocicleta Honda CG 125 CC, quando caminhava na rodovia que liga o município à Cristal do Sul (ERS-587).
O acidente aconteceu no km 4 da rodovia, na Linha Progresso, interior do município, onde Silva morava. O piloto da motocicleta Alexson José Mayer, 28 anos, caiu depois de bater em Silva. O idoso morreu no local e Mayer foi atendido na Fundação Hospitalar Pio XII, de Seberi e foi transferido para o Hospital Divina Providência, em Frederico Westphalen, onde permanece em observação.
RÁDIO GAÚCHA

São Paulo: Carro capota e atinge ônibus e mais dois veículos em SP

Um ônibus e três veículos de passeio se envolveram em um acidente na manhã desta terça-feira na zona sul de São Paulo. A colisão ocorreu por volta das 7h40 na avenida Teotônio Vilela, no Grajaú. As informações são do SPTV.
Segundo testemunhas, um dos carros capotou e invadiu o corredor, atingindo um ônibus que não conseguiu parar. Outros dois veículos foram atingidos. Ninguém ficou ferido.
Redação Terra

Piauí: Acidentes de trânsito se destacam em atendimentos do Samu

Acidentes de trânsito se destacam em atendimentos do Samu
Traumas por acidentes de trânsitos, principalmente envolvendo motos, estão entre as principais ocorrências registradas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) da Fundação Municipal de Saúde de Teresina em fevereiro, mês do Carnaval. De acordo com relatório divulgado pelo serviço, 381 atendimentos em decorrência de acidentes foram realizados nas zonas urbana e rural do município nesse período.
A urgência clínica de adulto continua liderando o ranking de atendimento do Samu, com 884 ocorrências na zona urbana e 85 na zona rural. De acordo com a coordenadora do Samu, enfermeira Clara Leal, o total de ocorrências gerado no mês de fevereiro chegou a 5.999, incluindo as orientações, que são procedimentos realizados pela equipe médica do serviço por meio do telefone 192, sem a necessidade de deslocamento de ambulância.
O relatório destaca outras ocorrências, como urgência obstétrica, com 467 casos, traumas por queda (141), urgência psiquiátrica (122), envenenamento (07) e choque elétrico (02), além de atendimento em decorrência de afogamento.
Clara Leal chama a atenção no relatório para a questão de endereços não localizados pelas equipes do Samu. No mês passado, foram realizadas 30 viagens sem sucesso nesse aspecto, o levando a coordenação do serviço a insistir na precisão das informações, inclusive com pontos de referência, para que o socorro seja prestado.
Apesar de estável, o número de trotes ainda preocupa o Samu. Mais de 20 deslocamentos de ambulâncias foram realizadas no mês de fevereiro com base em informações não-verdadeiras, causando um prejuízo no atendimento para quem realmente precisa.
Outra situação que preocupa o Samu, de acordo com Clara Leal, são as remoções antecipadas de vítimas por decisão de leigos, totalizando 198, no mês passado. Outras 224 pessoas recusaram atendimento das equipes, mas 2.234 orientações médicas foram efetivadas sem a necessidade de deslocamento das ambulâncias.
De acordo com a Fundação Municipal de Saúde (FMS), investimento em equipamentos, treinamento e capacitação promovidos pela prefeitura contribuem decisivamente na melhoria e agilidade do atendimento prestado pelas equipes de salvamento. Segundo ela, a Fundação também aumentou o número de veículos para o atendimento, passando de dez para 13 ambulâncias, que também passaram a ser melhor monitoradas.
O tempo-resposta para o socorro às vítimas vem também diminuindo, segundo a FMS, chegando atualmente em uma média de 14 minutos do deslocamento das ambulâncias até o local da ocorrência e de 12 minutos até o hospital de referência, na zona urbana. Na zona rural, o deslocamento até o local representa 32 minutos e de 27 minutos do local até o hospital de referência.
Portal Odia.com

Paraná: Morte no trânsito

Deveríamos ter mais fiscalização nos fins de semana e mais multas. A lei de trânsito não é nada sem fiscalização. Vários jovens perdem a vida em acidentes por saírem de festas embriagados e sem condições de dirigir. Se existir mais fiscalizações, com certeza, o número de acidentes vai cair e mais vidas serão salvas.
Parabéns à população que conteve o motorista embriagado no caso do adolescente de 17 anos que morreu no acidente na noite do último sábado. Não é necessário fazer justiça com as próprias mãos, apesar de saber que, com certeza, o causador do acidente não vai pagar pela vida do jovem.
Depois, alguns maringaenses acham que a cidade é uma fábrica de multas. Prefiro uma fábrica de multas, do que uma fábrica de caixões.
O Diário Online

São Paulo: ‘Era para ele ter morrido’, diz pai de homem jogado de carro em perseguição

Engenheiro de 35 anos sofreu corte na cabeça e está internado em SP.
Dois assaltantes foram presos; na fuga, eles bateram em 15 carros.
A tarde de segunda-feira (8) foi de susto para a família do engenheiro Douglas Visnyei Feltrin, de 35 anos. Morador de Osasco, na Grande São Paulo, ele saiu do trabalho e foi buscar o carro em um lava-rápido quando acabou abordado por dois homens. Junto com o veículo, ele foi levado em uma fuga que passou pelo Rodoanel, antes de ser jogado para fora do carro em movimento.
“Falaram que iam matá-lo, era para ele ter morrido. Aquilo foi amor de Deus”, disse ao G1 na manhã desta terça-feira (9) o pai do engenheiro, o aposentado Elias Feltrin, de 60 anos. Ele foi o primeiro a chegar ao local do resgate do filho na tarde de segunda.
“Ele estava confuso, perguntando dos filhos e da mulher. Ele ainda não se lembra direito de tudo o que aconteceu. Está recuperando as memórias”, disse Feltrin. O engenheiro sofreu um corte na cabeça e escoriações pelo corpo. Ele está internado no Hospital Total Cor, na região da Avenida Paulista, em São Paulo.
Os criminosos jogaram a vítima para fora do carro no momento em que eram perseguidos por policiais da Delegacia Seccional de Taboão da Serra, na região metropolitana, que faziam uma operação no Rodoanel. Antes, já tinham atropelado um motociclista e derrubado a cancela de um pedágio na via.
O pai do engenheiro contou que seu filho acredita que os bandidos o jogaram para fora do carro para que os policiais parassem para socorrê-lo, conseguindo, assim, efetuar a fuga. “Mas os policiais já vinham na captura deles desde o Rodoanel”. Os assaltantes ainda bateram em outros 15 carros, trocaram tiros com a polícia e só pararam após colidirem com outro veículo, que ficou destruído. Os três passageiros do veículo, entre eles um bebê, escaparam com pequenos ferimentos.
Os dois criminosos foram presos. Segundo o boletim de ocorrência, os dois disseram que atropelaram o motociclista com o intuito de derrubá-lo e despistar os policiais. Uma pistola que estava com os dois foi apreendida.
De acordo com Feltrin, seu filho contou ter sido ameaçado pelos criminosos assim que foi abordado. A família está traumatizada. “A mulher dele ficou muito assustada. Eles têm um bebê pequeno, de 5 meses. Ela ficou traumatizada”, contou o aposentado.
Violência
Segundo a família, esta não foi a primeira vez que o engenheiro foi vítima de um sequestro-relâmpago. De acordo com seu pai, há cerca de dez anos, ele foi abordado quando saía da casa da então namorada – com quem atualmente é casado. “Levaram ele junto com o carro, o soltaram na Marginal Tietê. Só no dia seguinte encontraram o carro.”
 O aposentado, que ficou até a madrugada no hospital acompanhando o filho e iria voltar ao local nesta manhã, espera que a família tome mais cuidado depois do episódio de violência, mas lamenta a impotência diante das ações dos criminosos. “Ele [Douglas] é engenheiro, trabalha com obras, fica indo de uma para a outra. É a vida dele, ele fica andando na rua, não tem muito o que fazer.”
Do G1, em São Paulo

São Paulo: Motorista sem habilitação atropela homem e bebê

Ao volante de um Volkswagen Apolo, sem habilitação e supostamente alcoolizado, Jailton Alves da Silva, de 36 anos, por volta das 18 horas de segunda-feira, 8, invadiu o Parque dos Paturis, em Carapicuíba, região oeste da Grande São Paulo, e atropelou duas pessoas, o comerciante Edmilson Marques Santos, de 44 anos, e o filho deste, Henrique Santos, de 8 meses.
Com afundamento de crânio, a criança foi encaminhada por testemunhas para o Hospital Regional de Osasco, onde continua internada em estado grave na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Policiais militares da 2ª Companhia do 33º Batalhão detiveram Jailton.
O comerciante teve fraturas na bacia e na clavícula e foi levado por uma ambulância do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SAMU) para o Hospital Geral de Carapicuíba (antigo Sanatorinhos), onde continua internado. No momento em que Jailton invadiu o parque, o comerciante estava em uma área concretada e o filho dele, no andador.
Diário do Nordeste

Adolescente pega carro e provoca acidente no Tocantins

Garoto perdeu controle da direção e capotou o veículo.
Pais do menino podem ser responsabilizados, segundo a polícia.
Um adolescente de 14 anos pegou o carro do pai e causou um acidente em Palmas, no Tocantins. Outros sete jovens estavam no veículo.
Segundo a polícia, o garoto entrou em uma rodovia, perdeu a direção e capotou o veículo. Uma das crianças está internada, mas não corre risco de morrer.
O Conselho Tutelar acompanha o caso. Os pais do menino podem ser responsabilizados pelo acidente, segundo a polícia.
Do G1, com informações do Globo Notícia

segunda-feira, 8 de março de 2010

Santa Catarina: Três pessoas morrem em acidente na BR-101 em Araranguá

Caminhão-cegonha e automóvel bateram de frente no começo da manhã desta segunda-feira
Três pessoas morreram na batida de frente entre uma carreta e um automóvel na manhã desta segunda-feira na BR-101 em Araranguá, no Sul de Santa Catarina. As vítimas estavam num automóvel Fox, com placas de Campo Grande (MS), de acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF).
Hilda Bressan, 83 anos, Ivete Silva Bressan Guerra, 54 anos, e João de Souza Guerra Neto, 24 anos, morreram no acidente no km 423,1 da rodovia, por volta das 9h.
O motorista do caminhão-cegonha (utilizado para o transporte de veículos leves) com placas de Santo André (SP), Francisco Procópio de Macedo, 40 anos, saiu ileso.
Segundo informações preliminares, o automóvel seguia no sentido sul-norte e teria invadido o sentido contrário num trecho de pista simples, atingindo a carreta que seguia em direção ao Sul do Estado.
Os corpos das vítimas foram levados ao Instituto Médico Legal (IML) do município. O tráfego teve de ser desviado pelo acostamento durante o resgate e remoção dos veículos, o que provocou lentidão no trecho.
DIARIO.COM.BR

Santa Catarina: Pelo menos oito pessoas morrem em acidentes de trânsito no fim de semana em Santa Catarina

Em Pinhalzinho, carros bateram de frente matando duas pessoas
Pelo menos oito pessoas morreram em acidentes de trânsito em rodovias e trechos urbanos em Santa Catarina no fim de semana.
A ocorrência mais grave aconteceu na noite de domingo em Pinhalzinho, no Extremo-Oeste, onde duas pessoas morreram depois que dois carros bateram de frente na BR-282, por volta das 20h30min.
Um dos veículos, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF) teria sido arremessado para fora da pista e atingido Alcedir Marschall, 43 anos, que caminhava no acostamento. Ele morreu no local.
Além do pedestre, também morreu no acidente no km 578 da rodovia o motorista do Versailles envolvido na colisão, Volnei Luiz Schuh, 34 anos. Outros dois ocupantes do veículo e o motorista do outro carro, um Corsa, foram socorridos e levados ao hospital na cidade com ferimentos.
Ambos os carros tinham placas de Pinhalzinho.
DIARIO.COM.BR
Outros acidentes
Domingo
Palhoça — Renato de Souza, 31 anos, morreu num acidente entre quatro automóveis e uma carrenta no km 216 da BR-101 por volta das 4h30min. Ele dirigia um Voyage com placas de São José.
Sombrio — A batida de frente entre um Corsa de Canoas (RS) e um Classic de Araranguá provocou a morte de Zelio Paulino Rafael, 60 anos, no km 430 da BR-101 às 10h. Ele dirigia o segundo carro. Dois ocupantes do veículo gaúcho tiveram ferimentos e foram levados a hospitais da região.
Curitibanos — Neimar dos Santos, de 24 anos, morreu na batida de frente entre o carro que ele dirigia, um Apollo de Blumenau, e um caminhão no km 249 da BR-470, às 13h. A passageira do automóvel, Vanessa de Fátima Fernandes, 24, ficou ferida.
Navegantes — Odair Ferreira, 39 anos, morreu atropelado no km 112 da BR-101 às 18h30min. O motorista do veículo envolvido no acidente, um Fiat Punto de Joinville, não se feriu.
Sábado
Tijucas — João Carlos Machado, de 30 anos, morreu atropelado na rua Lauro Müller, bairro Santa Luzia, por volta das 4h30min. Ele caminhava com outras duas pessoas pelo acostamento quando um carro os atingiu. O veículo foi encontrado, instantes depois, caído num rio na localidade.
Joinville — Flávio Izidoro, 43 anos, foi encontrado morto pela manhã dentro de um carro que caiu no rio Itaum Mirim, bairro Fátima. O acidente teria ocorrido durante a madrugada.
Diário Catarinense

Santa Catarina: Acidente deixa pelo menos 14 feridos na BR-470 em Navegantes

Rodovia foi bloqueada nos dois sentidos no início da manhã
Ao menos 14 pessoas saíram feridas de uma batida traseira envolvendo dois caminhões e uma ambulância Sprinter de Pouso Redondo, nesta segunda-feira, às 5h40min, no km 12,4 da BR-470 em Navegantes, no Litoral Norte de Santa Catarina.
Conforme informações dos Bombeiros de Itajaí e Navegantes, a ambulância teria colidido contra dois caminhões, com placas de Blumenau e Cruz Alta (RS).
O motorista da ambulância, Odemar Goulart, 48 anos, levava 13 pacientes para hospitais de Florianópolis. Ele e os passageiros teriam sofrido lesões leves. O motorista da carreta de Cruz Alta, Carlos dos Santos Veiga, 36, e o condutor do caminhão Iveco de Blumenau, Gilsemar Moreira, 31, não se feriram.
Conforme assessoria de imprensa do Hospital Marieta Konder Bornhausen, em Itajaí, ao menos seis pessoas foram encaminhadas ao pronto-socorro.
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Blumenau informou que a rodovia ficou parcialmente fechada e foi totalmente reaberta por volta das 9h desta segunda-feira.
DIARIO.COM.BR

Santa Catarina: Acidente na BR-282 mata duas pessoas em Pinhalzinho

Veículos bateram de frente por volta das 20h30min de domingo
A batida de frente entre dois carros provocou a morte de um dos ocupantes dos veículos e de um pedestre na noite de domingo na BR-282 em Pinhalzinho, no Extremo-Oeste de Santa Catarina.
A colisão aconteceu por volta das 20h30min numa reta no km 578. Conforme a Polícia Rodoviária Federal (PRF), indícios no local do acidente apontariam que o motorista do Corsa, Josimar Cristiano Kottwitz, 20 anos, teria perdido o controle da direção e invadido a pista contrária.
O carro atingiu o Versailles dirigido por Volnei Luiz Schuh, 34 anos, que morreu no local. Com o impacto, segundo os patrulheiros, um dos veículos teria sido arremessado para fora da pista e atingido Alcedir Marschall, 43 anos, que caminhava no acostamento. O pedestre morreu no local.
Dois ocupantes do Versailles, Clenice Assmann, 32 anos, e Naiana Vanuza Menzeen, 12 anos, ficaram feridas. Elas e o motorista do Corsa foram levados ao hospital na cidade.
Durante o atendimento das vítimas e a retirada dos veículos acidentados, a pista ficou parcialmente interditada. Houve a formação de congestionamento.
Os corpos das vítimas foram levados ao Instituto Médico Legal (IML) em Chapecó.
DIARIO.COM.BR

São Paulo: Motorista que dirigiu na contramão diz à polícia não lembrar de nada até acidente

Casal morreu após colisão com veículo na Raposo Tavares.
Filha de 12 anos está internada em hospital de SP, mas passa bem.
O técnico de manutenção de máquinas de 31 anos que dirigiu por mais de 20 km na contramão da Rodovia Raposo Tavares, na madrugada desta segunda-feira (8), disse em depoimento informal à polícia que não se lembra de nada até a colisão com outro veículo, ocorrida na altura do km 22, em Cotia, na Grande São Paulo. Um casal que estava no veículo atingido morreu no acidente. A filha de 12 anos ficou ferida. Ela passa bem, segundo a família.
“Ele não se lembra nem de ter transitado pela Raposo Tavares”, afirmou o delegado Alexandre Miguel Palermo, do 2º Distrito Policial de Cotia. Palermo esteve com o técnico no Hospital Regional de Osasco, na Grande São Paulo, onde ele está internado. O delegado disse que o homem não soube informar o que estava fazendo na região de Cotia, mas se recorda do momento da colisão com o veículo da família. “Ele lembra do acidente, perguntou como estavam as vítimas e eu falei que o casal tinha morrido”, contou Palermo. Segundo ele, o técnico pareceu transtornado com a informação.
O delegado afirmou ainda que o homem admitiu ter ingerido "um pouco" de bebida alcoólica, mas disse não tomar medicamentos.
O delegado trabalha com a hipótese de o homem ter entrado na contramão da rodovia na altura do km 44. Segundo testemunhas, ele transitava na pista sentido interior, na faixa da esquerda (de quem seguia no sentido correto), em alta velocidade e linha reta. Há uma praça de pedágio no km 45. Serão verificadas as imagens da praça.
Ele passou por um posto da Polícia Rodoviária Estadual na altura do km 35 e as equipes que transitavam na rodovia foram acionadas via rádio. No km 28, ele quase colidiu com um Meriva preto. O motorista conseguiu desviar e bateu na mureta de proteção da pista. A colisão com o veículo da família ocorreu na altura do km 22. Segundo informações preliminares, o carro do casal que morreu transitava atrás de um caminhão, que conseguiu desviar do automóvel na contramão.
O cabo Roberto Júnior, da polícia rodoviária, estava em um dos carros que perseguiram o veículo. Na altura do km 26, a equipe chegou a passar pelo automóvel, mas não conseguiu interceptá-lo. “Ele passou por mim em alta velocidade”, informou. O acidente ocorreu logo depois, por volta das 4h desta segunda-feira (8). Os policiais rodoviários quebraram o vidro traseiro do automóvel da família com um extintor e conseguiram tirar a menina de 12 anos. Mas, quando voltaram, o carro havia pegado fogo. O casal morreu. A adolescente está internada no Hospital Universitário, na Zona Oeste de São Paulo.
Interrogatório
O técnico em manutenção de máquinas deve receber alta do hospital ainda na tarde desta segunda. O airbag do carro evitou que ele sofresse ferimentos mais graves. O homem teve uma fratura na mão esquerda e escoriações pelo corpo. Depois da alta, ele será levado pelos policiais que fazem sua escolta até a delegacia, onde prestará o depoimento oficial.
Palermo diz que o motorista ficará preso e responderá por homicídio com dolo eventual, que é quando a pessoa assume o risco de matar, por ter dirigido mais de 20 km na contramão. Após o depoimento, ele será levado para a Cadeia de Cotia, onde aguardará uma vaga em um centro de detenção provisória. Segundo o delegado, o motorista é morador do Butantã, Zona Oeste de São Paulo.
Do G1, em Cotia

Rio Grande do Sul: Homem morre em acidente em Arvorezinha

Vítima é Moises Dallagnol, 24 anos
Moises Dallagnol, 24 anos, morreu, na noite de ontem, em um acidente no km 57 da rodovia Soledade-Arvorezinha(RS-332), em Arvorezinha, no Vale do Taquari. A vítima conduzia uma motocicleta Honda NXR 125, quando colidiu de frente com um caminhão Mercedes Benz. Dallagnol morreu no local do acidente. O motorista do caminhão não sofreu ferimentos.
ZEROHORA.COM

Rio Grande do Sul: Carreta capota e motorista morre na BR-101, em Maquiné

Caminhão que José Norberto Conceição conduzia tem placas de SP
Um homem de 46 anos morreu ao sair da pista e capotar a carreta que dirigia na BR-101, na altura do km 68, em Maquiné. O caminhão que José Norberto Conceição conduzia tem placas de São Paulo.
O acidente ocorreu por volta das 5h45min desta segunda-feira e o resgate do corpo só foi concluído pouco antes das 8h, por causa da dificuldade em acessar o veículo, conforme a Polícia Rodoviária Federal (PRF).
ZEROHORA.COM

Rio Grande do Sul: Acidente mata homem na Capital

Colisão aconteceu na esquina da Avenida Casemiro de Abreu com a Rua Miguel Tostes
Um acidente no início da madrugada desta segunda-feira deixou um homem morto na capital. Um Astra branco e um táxi colidiram no cruzamento da Avenida Casemiro de Abreu com a Rua Miguel Tostes. Depois do choque entre os dois veículos, o Astra bateu contra pilares de proteção que ficam na calçada, na esquina, e em uma árvore na Rua Casemiro de Abreu.
A vítima não foi identificada. De acordo com testemunhas, é um homem que estaria no Astra. O corpo dele foi encontrado caído do lado de fora do veículo. O motorista do Astra, identificado como Richardson Pires Soares, 22 anos, foi levado ao Hospital de Pronto Socorro, onde recebeu atendimento na sala de politraumatizados.
O taxista que se envolveu no acidente, um homem de 54 anos que não quis se identificar, não sofreu ferimentos. Nervoso ao acompanhar o trabalho de policiais, peritos e fiscais de trânsito, ele relatou que só pensou em proteger a vida do passageiro que estava em seu veículo. Com um corte na cabeça, o jovem identificado como Dudley Zanella, 21 anos, também foi levado ao HPS e liberado antes das 2h.
Com o barulho do acidente, moradores saíram à rua. Alarmados com a reincidência de acidentes no mesmo trecho, eles pediam providências às autoridades de trânsito por mais segurança no local.
— Aqui acontece pelo menos um acidente por semana. Esse foi maior que já vi. Estamos cansados de acender velas para os mortos — disse a enfermeira Avani Thum, 66 anos, moradora de um prédio que fica na esquina das duas ruas.
A grade amassada do prédio indica que acidentes são comuns no cruzamento.
ZERO HORA

Espirito Santo: Carona morre em acidente

Um homem que estava de carona em um carro, em Anchieta, no litoral Sul do Estado, morreu depois de um acidente. O motorista, Leonardo Ferreira Domingos, bateu com o carro, e também se feriu, mas levemente. Ele foi socorrido, recebeu atendimento médico, e, depois, foi levado para a delegacia. Leonardo foi autuado em flagrante por direção perigosa e pela morte do carona.
O motorista fez o teste do bafômetro, que comprovou que o rapaz havia bebido. Leonardo foi autuado no Departamento de Polícia Judiciária (DPJ) de Guarapari, onde ficou preso. À noite, o rapaz foi levado para a delegacia de Anchieta. O rapaz contou à polícia que o pneu do carro estourou, fazendo com que perdesse o controle do veículo. Ele disse que tentou evitar a batida, mas não conseguiu. O carro bateu num poste. O carona chegou a ser socorrido, mas morreu no hospital.
A Gazeta Online

domingo, 7 de março de 2010

O SISTECC ABRAÇARÁ VOCÊ...



Este vídeo nos foi enviado pela Fernanda, nossa amiga no Orkut do Projeto SISTECC (Cinto Salva).

Santa Catarina: Homem morre em acidente com cinco veículos na BR-101 em Palhoça

Colisão aconteceu por volta das 3h deste domingo no km 216 da rodovia
Um homem morreu em um acidente no km 216 da BR-101, em Palhoça, na Grande Florianópolis, por volta das 3h deste domingo. Renato de Souza, de 31 anos, morador de São José, não resistiu aos ferimentos e morreu no local.
A vítima dirigia um Voyage, placa LYH7184, de São José. A colisão ainda envolveu mais três carros e uma carreta. Todos os outros motoristas saíram ilesos.
Por causa do acidente, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) interditou a rodovia até as 4h45min no sentido sul-norte. Houve desvio pela marginal da pista.
DIARIO.COM.BR

Rio Grande do Sul: Motorista supostamente alcoolizado se envolve em acidente e deixa dois feridos em Torres

Preso em flagrante, jovem de 26 anos foi liberado após pagar fiança de R$ 6 mil
Um jovem de 26 anos, circulava de carro no centro de Torres, nesta madrugada, quando atingiu dois jovens que estavam em uma moto. Um adolescente de 16 anos e um jovem de 24 anos foram encaminhados para o Hospital Navegantes. O adolescente permanece em observação, enquanto o jovem foi encaminhado em estado gravíssimo para o Hospital Cristo Redentor, em Porto Alegre.
Depois de ser preso em flagrante por dirigir supostamente embriagado, o motorista do veículo foi liberado, nessa manhã, após pagar fiança de R$ 6 mil.
RÁDIO GAÚCHA

Rio Grande do Sul: Motorista morre em acidente em Marau

Vítima é Jaime Debastiani, 56 anos
Um acidente entre um automóvel, uma caminhonete e um caminhão matou uma pessoa às 14h40min de hoje, no km 87 da RS-324, em Marau. O carro saía de um posto de combustíveis quando uma caminhonete, que vinha pela rodovia, bateu lateralmente no veículo. Com o choque, a caminhonete foi deslocada para a pista contrária e colidiu em um caminhão. O motorista da caminhonete, Jaime Debastiani, 56 anos, morreu após a colisão. O motorista do caminhão teve ferimentos leves e foi encaminhado a um hospital de Marau.
ZEROHORA.COM

Santa Catarina: Queda de barreira bloqueia parcialmente a BR-101 em SC

Desmoronamento atingiu um carro, mas ninguém ficou ferido
A queda de uma barreira bloqueia parcialmente a BR-101 no município de Palhoça, na Grande Florianópolis, em Santa Catarina. O incidente ocorreu por volta das 3h deste domingo no km 237. A terra de uma encosta desmoronou no sentido Florianópolis-Porto Alegre, atingindo um carro, mas ninguém ficou ferido.
O trânsito está em meia-pista, o que obriga os agentes da Polícia Rodoviária Federal a intercalarem a passagem dos veículos. O congestionamento é de aproximadamente seis quilômetros nos dois sentidos. De acordo com a PRF, a maioria dos veículos no trecho são de passeio, devido à proximidade das praias.
No momento da queda da barreira chovia forte, mas desde a manhã, faz sol na região. Máquinas da empresa que realiza a duplicação trabalham no local para liberar o trânsito. A expectativa é de que a normalização da rodovia ocorra no início da tarde.
Diário Catarinense

Paraná: Carro cai no rio junto ao Parque Barigui

Equipe do Corpo de Bombeiros está no local para retirar o veículo de dentro da água. Condutor foi encaminhado para o Hospital Cajuru sem ferimentos graves
Segundo informações iniciais do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran) da Polícia Militar o ocupante que não teve o nome revelado perdeu o controle do veículo e caiu dentro do Rio Barigui, próximo ao Parque Barigui, no início da manhã deste domingo (7).
Uma equipe do Corpo de Bombeiros está no local para retirar o veículo de dentro da água. O rio está cheio, por causa das chuvas de sábado, o que dificulta o trabalho de resgate. O motorista que estava no veículo foi encaminhado para o Hospital Cajuru, mas não teve ferimentos graves.
Tem mais informações sobre chuvas, acidentes? Tem fotos? Envie por e-mail para publicarmos.
Madrugada
Na madrugada deste domingo, um outro condutor bateu o seu veículo na Rua Nossa Senhora do Sagrado Coração, no bairro Pinheirinho, e com a colisão morreu no local. Não havia ocupantes no interior do veículo.
Outros acidentes
A Polícia Rodoviária Estadual (PRE) informa que da 0h deste domingo até as 9h30 foram registrados quatro acidentes. No total, 12 pessoas ficaram feridas e outra morreu. Os acidentes foram na Estrada do Cerne, Francisco Beltrão, Imbaú e Luanda.
No mais grave deles o condutor João Ricardo Mainardi da Luz, de 28 anos, perdeu o controle do veículo Palio, placa de Telemâco Borba e chocou-se com uma árvore. O acidente ocorreu no Km 232 da PR-060, entre os municípios de Imbaú e Telêmaco Borba, por volta das 5h50 deste domingo.
Gazeta do Povo

Brasília: Trânsito na ponte JK é liberado

O trânsito na ponte JK, que dá acesso ao Lago Sul, já foi liberado.
Mais cedo, por volta das 13h, um acidente entre uma moto e um carro interditou o local. A vítima permanece em estado gravíssimo no Hospital de Base do DF (HBDF).
Segundo informações do capitão Monteiro, do Corpo de Bombeiros, o motociclita Rodrigo Ruas, de 26 anos, bateu na traseira de um Fox prata, placa JIP 0045 (DF) e perdeu o controle. Dois médicos e um bombeiro que passavam pelo local no momento do acidente pararam para socorrê-lo.
Quando o Corpo de Bombeiros chegou à ponte, o estado de saúde de Rodrigo era instável, com sangramento e suspeita de traumatismo cranioencefálico. O motociclista foi encaminhado ao Hospital de Base (HBDF) de helicóptero e passa por exames no politrauma. A condutora do Fox nada sofreu.
Correio Braziliense